Beleza Roubada


me descobrindo...
me revelando...








OdetedePaula




31/03/2013

amor - perfeito

                         num dia perfeito, 
                     eu trago amor-perfeito.
                              Feliz Páscoa!
Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música
não começaria com partituras, notas e pautas.
Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria
sobre os instrumentos que fazem a música.
Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria
que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas.
Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas
para a produção da beleza musical. 
A experiência da beleza tem de vir antes.
- Rubem Alves -
Quase todos nós percorremos um longo caminho.
Fomos de um mundo para outro, que era praticamente igual ao primeiro, esquecendo logo de onde viéramos, não nos preocupando para onde íamos, vivendo o momento presente. 
Tem alguma idéia de por quantas vidas tivemos de passar até chegarmos a ter a primeira intuição de que há na vida algo mais do que comer, ou lutar, ou ter uma posição importante dentro do bando?
Mil vidas, Fernão, dez mil!
E depois mais cem vidas até começarmos a aprender que há uma coisa chamada perfeição, e ainda outras cem para nos convencermos de que o nosso objetivo na vida é encontrar essa perfeição e levá-la ao extremo.
A mesma regra mantém-se para os que aqui estão agora, é claro: escolheremos o nosso próximo mundo através daquilo que aprendermos neste.
Não aprender nada significa que o próximo mundo será igual a este, com as mesmas limitações e pesos de chumbo a vencer. 
- Richard Bach -

vales de silêncio e paraísos secretos

Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos. "
- Saint-Exupéry -

liberdade


Só conheço uma liberdade, 

e essa é a liberdade do 

pensamento.

- Antoine de Sai
nt-Exupéry -

a vida não pode ser economizada para amanhã




A vida não pode ser economizada para amanhã. 

Acontece sempre no presente

- Rubem Alves -

te espero no farol






Quem é que, no adentrar do outono, não traz na mente a presença forte como um farol, daquela figura de mestra que nos adocica a memória, que nos arremete à infância com seus cheiros, suas cores e algazarras.
- Habacuck -

O farol recria
uma ilusão de voos
e gaivotas famintas
digerem o crepúsculo.
- Mário Massari -

é no vazio da distância que vive a saudade


é no vazio da distância que vive a saudade

A vida precisa do vazio: a lagarta dorme num vazio chamado casulo até se transformar em borboleta. 
A música precisa de um vazio chamado silêncio para ser ouvida. 
Um poema precisa do vazio da folha de papel em branco para ser escrito. 
E as pessoas, para serem belas e amadas, precisam ter um vazio dentro delas. 
A maioria acha o contrário; pensa que o bom é ser cheio. 
Essas são as pessoas que se acham cheias de verdades e sabedoria e falam sem parar. 
São umas chatas quando não são autoritárias. 
Bonitas são as pessoas que falam pouco e sabem escutar. 
A essas pessoas é fácil amar. 
Elas estão cheias de vazio. 
E é no vazio da distância que vive a saudade...
- Rubens Alves -
Hoje a janela me ofereceu uma paisagem 
Ofereceu-me o pôr do sol 
muitos, eu sei, em meu lugar seriam capazes de poetar 
de escrever em tintas coloridas ou belas palavras 
O cenário que se apresentava ante minha janela
Eu, eu porém estava neutro 
eu havia visto aquilo antes 
muitos exaltaram o lilás-avermelhado do céu 
teceriam espíritos iluminados das nuvens 
ressuscitando formas
Ontem, eu teceria também, mas hoje estou neutro 
sem forças, somente existindo 
ontem, eu disse, que lindo azul eu sou 
que lilás-avermelhado eu posso ver 
eu posso, eu posso ver 
pois a natureza é incolor 
Natureza morta 
somente átomos em profusão dominam 
o que percebemos erradamente como formas numa gestalt 
que no fundo não há nada de belo 
é só você, você, você 
os poetas descritivos estão redondamente enganados 
ao invés de exaltar a beleza da natureza falsa 
deveriam dedicar odes a si próprios 
exaltando nosso eu 
que sem dúvida é maravilhoso e incrível 
pois é com esse mecanismo complexo que nos leva 
a perceber tais fotografias
O pôr do sol 
Eu me ponho às 6 horas na Bahia e às 7 no Rio
Eu sou o céu com andorinhas 
Eu sou o mar com seus peixes 
Eu sou o mundo inteiro 
assim piso no lugar que cheguei 
aqui está minha ode que faria ontem
Eu sou o sol 
que belo lilás estou, que faço aqui, porque me ponho 
criatura cheia de porquês e vivo e gracioso cérebro 
que linda massa acinzentada, oh 
máquina poderosa, força de energias mil 
faze-me crer que estou vivo 
que existo nesse Brasil 
Ô mago do cosmos, poderoso mais que Alexandre
poderoso mais que eu possa conceber ou imaginar 
entre tu e as tripas aparentemente parecidas 
diferes em criação desde tempos já idos 
Oh, massa molecular 
eu sou o azul lilás que essa janela me trás
- Raul Seixas -

em busca do azul do céu e do mar

Transforme pequenas coisas em celebração...


Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade


cada dia, uma nova busca para ser feliz.